fbpx

Gestão de fazendas: veja como fazer sua propriedade rural crescer!

11 minutos para ler

Você sabe como fazer uma boa gestão de fazendas? Para o produtor rural, ela deve ser uma das suas prioridades caso o objetivo seja fazer a fazenda prosperar, já que a importância do agro e das commodities agrícolas crescem a cada dia.

Resumidamente, o gerenciamento de propriedades rurais é um conjunto de habilidades, atividades e estudos que norteiam desde assuntos relacionados às questões mais básicas da fazenda à administração de crises e à forte capacidade de negociação.

Alguns produtores rurais conhecem bem as atividades mais operacionais das fazendas, mas pouco sobre uma administração mais técnica. Por isso, neste post, nós reunimos algumas informações valiosas sobre o assunto, como a importância de um bom planejamento, as competências necessárias para fazer uma boa gestão, as principais práticas e mais. Confira!

Qual é a importância do planejamento na gestão de fazendas?

A produção rural tem passado por algumas transformações nos últimos tempos, assim como vários outros setores, exigindo de proprietários ou gestores uma nova visão sobre a administração e a gestão de suas propriedades. Diante disso, é preciso pensar em ações que melhorem os índices para que resultados positivos continuem sendo colhidos.

Assim, realizar um bom planejamento e implantar ferramentas de gestão eficientes se torna fundamental para as fazendas e os negócios rurais como um todo. Com isso, é possível determinar o tipo de administração que deve ser adotado, assim como os métodos de controle necessários para realizar essa ação. Quanto mais aprofundado é o conhecimento desses fatores, maior é a chance de atingir os objetivos.

Como o meio rural é um setor que tem riscos e características particulares, esses fatores precisam ser prevenidos e analisados por meio de uma gestão própria. Sendo assim, os principais pontos de atenção da gestão de fazendas precisam englobar, primeiramente, a gestão de pessoas e, a partir daí, o controle financeiro rígido em relação às movimentações da propriedade rural.

Uma gestão de fazenda efetiva precisa ter como pilar principal um planejamento estratégico. Assim, é possível garantir que os gestores consigam prever riscos de impactos — e diminui-los, se for o caso —, como problemas relativos a um clima pouco favorável para a produção e a variação das cotações para compra de insumos ou venda da produção.

Como desenvolver competências para fazer a gestão de fazendas?

Para o gerenciamento de uma propriedade rural, é imprescindível desenvolver algumas competências para que o trabalho seja realizado de forma satisfatória e tenha um resultado positivo.

A primeira delas é a competência técnica, que nada mais é que saber, na prática, tudo aquilo que deve ser feito em relação a uma tarefa ou um assunto. Uma forma bastante eficaz de desenvolvê-la é se envolver cada vez mais nas questões do dia a dia da fazenda e colocar a mão na massa.

Diferentemente da competência técnica, a acadêmica é quando o responsável conhece o assunto em questão somente na teoria e não na prática.

Naturalmente, não é exigido nenhum diploma ou certificado técnico do produtor rural. É preciso, porém, que ele tenha um conhecimento abrangente e atualizado que possa ser colocado em prática.

Quanto à competência interpessoal, envolve saber se relacionar com o próximo e ser capaz de ter um bom relacionamento com a equipe de trabalho. Mais uma vez, um diploma em relações humanas não é exigido, mas o requisito mínimo é que o responsável tenha uma sensibilidade mais desenvolvida para conseguir lidar com os desejos e as necessidades dos colaboradores.

Por fim, a competência cultural é aquela em que o conhecimento é mais amplo, mais abrangente de um modo mais geral, mais universal. Basicamente, é estar bem informado sobre o que acontece no bairro, na cidade, no país e no mundo por meio de notícias na TV, no rádio ou na internet.

Conhecimentos de estatística, informática e de outros idiomas também contribuem o desenvolvimento pessoal tanto do gestor quanto da própria equipe. Aqui, é importante frisar que ter competências culturais facilita o contato mais competitivo e qualificado com os fornecedores, tradings, etc.

Quais são as principais práticas da gestão rural?

Gestão e controle de custos e despesas

Ambos são procedimentos administrativos que têm como objetivo registrar todos os gastos que são empregados nos serviços da propriedade rural e inclusive auxiliam diretamente no cálculo de custo de produção do que é produzido na fazenda. Tudo isso oferece informações suficientes para que o gestor entenda se o que está sendo avaliado naquele momento é rentável ou não.

Um dos benefícios que esses serviços proporcionam para a gestão de propriedades rurais é um provável aumento da margem de lucro. Isso acontece porque, juntos, conseguem analisar se é possível reduzir custos no processo produtivo.

Gestão do fluxo de caixa

Resumidamente, o fluxo de caixa é o controle da movimentação de tudo o que entra e sai em relação aos recursos financeiros da propriedade rural. O objetivo é, além de prever, também planejar e controlar a saúde financeira da fazenda.

Prática fundamental na gestão de fazendas, o fluxo de caixa tem o poder de ajudar os responsáveis nas tomadas de decisão mais importantes. Por esse motivo, é imprescindível que seja feito de forma correta e, se possível, com o máximo de detalhes. Isso oferece maior segurança aos gestores, já que, assim, eles estarão a par de toda a situação e não terão que lidar com surpresas.

Elaboração dos planos estratégicos

Trata-se de uma das partes mais importantes para a tomada de decisão em qualquer projeto, e em relação ao meio rural isso não seria diferente. Afinal, essa prática permite alcançar o sucesso do que for planejado.

O planejamento em si deve levar em conta alguns aspectos específicos e, nesse caso, precisa atender ao gerenciamento de fazendas. É preciso pensar sobre a viabilidade técnica, econômica e fiscal. Juntos, esses fatores permitem que problemas operacionais e no desenvolvimento de cada unidade estratégica sejam identificados com mais facilidade e rapidez.

Software de gestão

Pela capacidade de oferecer informações preciosas em tempo real, muitos produtores estão utilizando cada vez mais os softwares para fazer a gestão de fazendas. Com eles, é possível melhorar a comunicação interna e externa, além de obter informações importantes para o gerenciamento.

Powered by Rock Convert

Uma plataforma disponibilizada em um software oferece um ecossistema que integra todas as informações necessárias em forma de relatórios e gráficos, o que oferece diversos benefícios. Entre eles, é possível citar um planejamento adequado e a possibilidade de lidar com emergências de forma mais acertada, além da aplicação de correções para alcançar a produtividade e a lucratividade planejadas.

Como simplificar o gerenciamento rural?

Fazer uma gestão de fazendas eficiente não é uma tarefa fácil e requer bastante habilidade, muito empenho e, acima de tudo, muita disciplina. Os problemas que o produtor rural ou os gestores podem enfrentar podem ser grandes e, aparentemente, difíceis de serem solucionados.

Porém, há algumas soluções que, quando implementadas, podem simplificar o trabalho. Confira, a seguir, algumas delas.

Tenha um bom gerenciamento de pessoal

Independentemente da área de atuação, qualquer tipo de empreendimento só é capaz de prosperar quando o time de colaboradores é bastante engajado e conta com um bom gerenciamento por trás dele.

Ao levar em consideração todos os outros tipos de atividade que um produtor rural focado em resultados precisa desempenhar no dia a dia, prestar atenção nos colaboradores se torna mais uma na lista com a qual ele não precisa lidar diretamente.

Produtividade da equipe e das atividades gerais é apenas uma das questões relacionadas à gestão de pessoal, e anotar todas elas em planilhas ou cadernos é uma forma ineficiente e nada prática de gerir uma fazenda.

Como os trabalhadores são parte fundamental no processo de produção, delegar o gerenciamento de recursos humanos a pessoas responsáveis proporciona mais tempo para o dono da propriedade focar outros assuntos.

Tenha controle sobre a gestão financeira

A situação financeira é uma das maiores preocupações de qualquer negócio, e o mesmo acontece em uma fazenda. Ter que lidar com impostos, faturas, pagamentos das contas de consumo e compras de materiais, insumos da lavoura e ferramentas pode tirar o sono dos gestores. Isso sem contar os imprevistos que podem acontecer e causar alterações em todo o planejamento.

Para facilitar esse serviço e a gestão de fazendas como um todo, uma boa opção é contar com algum sistema que faça o controle de todas essas informações. Assim, o trabalho do produtor se torna bem menos exaustivo e não fica tão vulnerável às falhas que podem causar baixas na lucratividade.

Tenha um bom plano e saiba lidar com imprevistos

Todo negócio precisa ser dinâmico e, como dissemos, o planejamento é um ponto-chave para que esse dinamismo seja parte da rotina da fazenda. Durante as atividades, porém, pode ser que erros ou obstáculos apareçam e, nessas horas, saber o que fazer para contornar essas situações é importante.

Com ações bem planejadas, é possível escolher o melhor caminho para chegar na melhor solução e saber exatamente o que fazer para contornar qualquer adversidade. Saber lidar com imprevistos é uma característica que um gestor precisa ter para manter a competitividade e continuar gerando resultados positivos sem precisar parar para resolver qualquer questão que apareça.

Por que os softwares de gestão de fazendas são importantes?

Existem várias formas de fazer uma gestão eficiente de propriedades rurais. Os dados podem ser anotados em planilhas e em cadernos, mas o fluxo de informações é tão grande que fica praticamente impossível conseguir enxergar os resultados das atividades de forma prática e em tempo hábil para tomar decisões.

Contar com a ajuda de um software específico facilita — e muito — todo o processo. Com ele, é possível fazer o controle de estoque de forma satisfatória, planejar todas as atividades e obter detalhes de custos e outras informações relacionadas com a rentabilidade da fazenda automaticamente.

O objetivo de utilizar essa tecnologia é realizar mais tarefas em menos tempo e, com isso, ter a capacidade de tomar as melhores decisões para aumentar os lucros da propriedade. A partir dela, é possível utilizar os meios mais modernos para alcançar o que há de melhor em termos de quantidade, qualidade e, é claro, retorno financeiro.

Existem 4 categorias de software que podem ser utilizadas na gestão de fazendas. A primeira delas diz respeito à gestão, pois suporta o planejamento das safras e o monitoramento de equipes, realiza o gerenciamento dos estoques, auxilia na administração rural e facilita outras operações diárias.

A segunda categoria tem relação direta com a agronomia e pode criar prescrições de taxas variáveis para as aplicações que têm base nas análises dos solos, dos mapas de produtividade e de outras variantes físicas.

A terceira, que diz respeito ao maquinário, envia dados para as máquinas e monitora o desempenho dos equipamentos, além de controlar o piloto automático e a orientação geoespacial.

Por fim, a quarta categoria diz respeito à área da contabilidade e finanças. Em uma propriedade rural, é ela que faz o gerenciamento e o pagamento de contas, prepara todas as demonstrações financeiras e realiza o pagamento dos impostos.

Uma opção interessante de um bom software para gestão de propriedades rurais é a plataforma da SCADIAgro. Nela, existem inúmeros recursos que facilitam a rotina do produtor e dos gestores, como controle financeiro, gestão de estoque, pedidos de compra, contabilidade, cadastros, contratos de vendas e muito mais.

Como você pode perceber, fazer a gestão de fazendas pode parecer uma tarefa complicada a princípio, mas com empenho e dedicação fica mais simples realizá-la. Esperamos que o conteúdo apresentado aqui tire suas dúvidas e faça a sua fazenda prosperar.

Gostou do nosso post? Então aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais! Algum conhecido também poderá se beneficiar dele.

Você também pode gostar

Deixe um comentário