Gestão de pessoas no campo: 3 dicas de como fazê-la bem!

3 minutos para ler
FacebookInstagramLinkedInTwitter

Fazer uma boa gestão de pessoas no campo é uma parte do trabalho de gestor que quer gerar impactos muito relevantes para a rotina de uma fazenda, inclusive na sua rentabilidade. Na verdade, essa é uma etapa importante do processo administrativo como um todo.

Entre os benefícios de implementar essa gestão na fazenda, podemos citar a melhora da produtividade dos colaboradores e equipes mais comprometidas. Então, para ajudar você a obter esse resultado, preparamos este post com 3 dicas de como fazer um bom gerenciamento de pessoas. Confira!

1. Trabalhe a motivação dos funcionários

Um colaborador que trabalha motivado produz mais — o que, automaticamente, aumenta a lucratividade da fazenda. Quando está sob uma boa gestão, ele se sente parte do negócio e desenvolve um interesse genuíno em ver a propriedade crescer, em ajudar no que for possível para que isso aconteça.

A motivação dos colaboradores deve acontecer diariamente, para que possam se sentir cada vez mais valorizados e reconhecidos pelo trabalho que desempenham. Reuniões matinais para avaliar o dia anterior e alinhar o que será feito durante o dia, costumam dar muito resultado e gerar mais comprometimento da equipe. Portanto, a gestão de pessoas no campo precisa oferecer estratégias que estimulem o desenvolvimento desses profissionais.

2. Desenvolva as habilidades dos trabalhadores com treinamentos

O treinamento do colaborador rural é uma parte necessária da rotina de trabalho para que a fazenda possa alcançar melhores resultados. Afinal, de nada adianta investir em produtos e equipamentos de qualidade se a sua equipe não souber manuseá-los, ou não conhecer as medidas de segurança exigidas pelo setor.

Uma das formas mais simples de investir nesse desenvolvimento de equipe é apostar em treinamentos. As atividades realizadas em uma fazenda exigem boa capacitação dos colaboradores, logo, é preciso fazer esse investimento para que a produtividade aumente.

Um grande benefício desse investimento é a diminuição do número de acidentes de trabalho, bem como da rotatividade de colaboradores. Fazendas que oferecem um ambiente amigável e confortável garantem boas condições de trabalho, o que reduz as chances de os trabalhadores procurarem outras oportunidades de emprego.

3. Ofereça benefícios

Oferecer aos colaboradores alguns benefícios é outro ótimo investimento. Eles são capazes de melhorar a qualidade de vida desses trabalhadores, e isso refletirá diretamente na produtividade apresentada no dia a dia da fazenda. Vale dizer, também, que essa é ainda uma maneira de fidelizá-los, pois eles vão pensar duas vezes antes de trocar de emprego.

Entre as opções possíveis nesse sentido, podemos citar:

  • assistência médica;
  • internet;
  • canais de tv por assinatura;
  • transporte periódico para a cidade.

Enfim, como você pode perceber, fazer uma boa gestão de pessoas no campo é imprescindível para o sucesso da sua propriedade rural. Lembre-se de que alguns itens não são gastos, mas investimentos — como o uso de novas tecnologias para automatizar os processos de trabalho, por exemplo. Ter esse pensamento como prioridade trará grandes benefícios para a rotina da sua equipe e gestores!

Gostou do nosso post? Então, aproveite agora para conhecer este manual prático para uma gestão eficiente de propriedade rural!

FacebookInstagramLinkedInTwitter
Você também pode gostar

Deixe um comentário