Planejamento de safra: veja estas dicas para aumentar seus lucros!

4 minutos para ler

Uma nova safra se inicia com o planejamento estratégico. A definição de metas deve nortear as ações a serem tomadas ao longo do ano para atingir os objetivos almejados, que, geralmente, visam o aumento da rentabilidade e da sustentabilidade da propriedade rural.

Por isso o planejamento da safra é um dos processos mais importantes dentro da organização de uma fazenda — ele é o primeiro passo para o sucesso e engloba diversos procedimentos a serem seguidos. Também é por meio desse planejamento que é possível fazer o controle dos custos de produção.

Agora que você já sabe a importância de um bom planejamento de safra, que tal conferir algumas dicas de como fazer o seu? Continue a leitura!

As 4 perguntas que o planejamento de safra deve responder

Um planejamento completo e bem feito deve conter informações que respondam a quatro perguntas: o que, como, quanto e quando. Saiba mais sobre cada uma delas!

O que?

O primeiro passo é definir o que será produzido no ano safra e a área que será destinada para cada cultura. Para tomar essa decisão, não se esqueça de considerar os cenários nacional e internacional de commodities agrícolas atuais e futuras. Isso ajuda a fazer com que as culturas sejam o mais rentável possível.

Como?

Agora é a hora de definir como será feito o cultivo. Pense se o plantio será direto ou não, se haverá necessidade de irrigação, como fazer a correção da área e como adubar. Nesse ponto outros fatores também devem ser contemplados, como financiamentos e seguros. 

Quanto?

Tudo o que envolve custos influencia diretamente na rentabilidade de uma lavoura, por isso defina com antecedência o orçamento que será disponibilizado para cada etapa do sistema de produção. Considere o trabalho na fertilidade do solo, defensivos, mão-de-obra, sementes, manutenção de maquinário etc.

Quando?

A resposta para essa pergunta vai depender da expectativa de preços de compra de insumos e de venda do produto final. Por isso, como já falamos, é muito importante estar atento ao cenário do mercado e se manter sempre informado sobre suas variações. Para definir o período do cultivo, não se esqueça de conferir a legislação de vazio sanitário e o Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

Como fazer o planejamento de safra

Chegou a hora de colocar a mão na massa e tornar o seu planejamento concreto. Confira algumas dicas:

  • estude o uso do maquinário: pense na logística, paradas e pontos de manobra. Isso ajuda a reduzir os custos com combustível;
  • invista em sementes de alta qualidade para evitar prejuízos;
  • planeje a quantidade de defensivos e fertilizantes que serão necessários;
  • preveja gastos com beneficiamento e armazenagem;
  • inclua os trabalhadores da propriedade no planejamento. É bom para a fazenda que todos entendam os objetivos e a troca de ideias com quem está na operação pode ser enriquecedora.

Outra dica que pode enriquecer o seu planejamento de safra é contar com um sistema de gestão de propriedades rurais. Esse tipo de ferramenta auxilia o produtor rural em todas as etapas de produção, inclusive no planejamento de safra. Um software consegue reunir todas as informações que são relevantes nesse momento, como controle financeiro, estoque, pedidos de compra, contratos de venda, aplicação de insumos, controle de grãos e de pessoal, orçamentos, dentre outros.

Se você ainda não se sente totalmente seguro na hora de fazer o seu planejamento e gostaria de aumentar a sua rentabilidade na próxima safra, entre em contato conosco e saiba como a SCADIAgro pode ajudar!

>>> Leia também “Saiba porque manter sua colheitadeira sempre revisada!”

Você também pode gostar

Deixe um comentário